imaginação

“O que é imaginação senão o Sol no homem?” (Paracelso). Para Paracelso, a imaginação ativa é o intermediário entre o pensamento e o ser. Concebe a imaginação como a encarnação do pensamento na imagem (símbolo). A imaginação é a ferramenta da criação, constrói tudo o que está a nossa volta e até a nós mesmos, porque somos uma ideia absolutamente original. Cada ser humano é único e desenvolver a si mesmo também trabalha com a ideia da imaginação. Platão costumava a dizer que existe um plano das ideias. É como se existisse um esboço do mundo manifestado e que o plano material é um reflexoLeia Mais

tecnologia espiritual

Estamos no limiar de uma nova era maravilhosa, a era da transformação Espiritual, a maior revolução de todas, a interna, dentro de cada célula do nosso corpo. Essas mudanças são visíveis em indivíduos, em grupos, bem como em um nível planetário. Estamos testemunhando um desenvolvimento extremamente rápido de tecnologia, medicina, cultura, arte, ciências alternativas e – sim, Tecnologia Espiritual. Seu objetivo é a libertação de Atma ou o verdadeiro SER, desenvolvendo todas as habilidades que nós Seres Humanos viemos de fábrica e não fomos estimulados a produzir. Por isso muitos estão com seu potencial humano e criativo atrofiado ou engessado. ATMA em Sânscrito significa alma ouLeia Mais

Ondas Theta, como usá-las para gerar mais criatividade e solucionar problemas.

Para entender melhor a onda Theta, vamos começar com a pergunta: O que são ondas cerebrais? É uma atividade elétrica humana que emana do cérebro – e que podem ocorrer em estágios dependendo do seu nível de atividade mental. Veja quais são descritos abaixo: Gamma (28 – 5000 HZ) – Alta atividade mental – níveis de stress. Beta (14-28 HZ) – Ativo, alerta, pensando e falando. Estamos assim na maioria do tempo no dia a dia. Alpha (7-14 HZ) – Estado meditativo, relaxado. Theta (4-7 HZ) – Estado muito profundo de relaxamento (quase dormindo e quase acordando) Delta (0-4 HZ) – Sono profundo e asLeia Mais

a ilusão do tempo

Praticamente 1 mês para acabar o ano e aparece às vezes o sentimento do filme Feitiço do Tempo (Groundhog Day) que conta a história de Phil, um arrogante meteorologista de um canal de TV, que cobre a saída anual de uma marmota de seu buraco. Ele enfrenta uma nevasca que não estava prevista e fica preso em uma espécie de túnel do tempo, condenado a reviver o mesmo dia até que mude suas atitudes. E assim chegamos a mais um fim de ano vindo de uma crença coletiva que a nossa sociedade utiliza, em sua maioria, o Calendário Gregoriano para controlar o tempo. Ele foi estabelecido noLeia Mais

Pense como um designer, você é o seu projeto.

Através do pensamento em design (Design Thinking), os professores de Stanford Bill Burnett e Dave Evans ensinam técnicas que nos permitem usar ferramentas para projetar e guiar melhor nossas vidas. Muito pouca atenção é dada aos novos empregos que surgirão. Na verdade, o Departamento de Trabalho dos EUA prevê há alguns anos que cerca de 65% das crianças da escola hoje, serão contratadas em empregos que ainda não existem. Um pouco assustador não? Por esta e outras razões é cada vez mais urgente que novas formas de desenvolvimento pessoal sejam implementadas no cotidiano das pessoas, para que possam ser estimulados criativamente. Só assim será possívelLeia Mais

Memória e lembrança, emoções e rituais.

Memória e lembrança, emoções e rituais estão intimamente interligadas. Rituais são práticas sociais importantes durante os quais emoções são registradas na memória com o intuito de torná-las memoráveis. A memória só é parcialmente acessível à lembrança. Ambas são seletivas. Mas é certo que nós não somos aptos a decidir livremente o que fica gravado na nossa memória. O esquecimento desempenha um papel fundamental para a memória. Aquilo que lembramos ou esquecemos está diretamente conectado ao ambiente e as relações sociais. Memórias são geradas pela interação com outras pessoas, lugares ou produtos culturais. Pesquisas mostram que este processo começa na primeira infância, na qual várias percepçõesLeia Mais

Como aplicar o design thinking (pensamento em design) para solucionar questões da vida?

Os designers criam mundos e resolvem problemas usando o design thinking (pensamento em design). Pare por um minuto e olhe a sua volta. Tudo o que foi criado alguém pensou e projetou. Tudo o que consumimos, desde a roupa que usamos a casa onde moramos foi criado por alguém. Cada projeto começa com um problema. E o mesmo pensamento em design que é responsável pela criação do seu celular, da sua panela de pressão, da sua capa de chuva, do seu tênis de corrida, da roupa do seu cachorro ou do carrinho da sua filha pode ser usado para projetar sua profissão, seu novo trabalho eLeia Mais

material lust

Artistas que parecem designers, é assim que a dupla de Nova Iorque Christian Swafford e Lauren Larson, da Material Lust se intitulam. A Material Lust nasceu de um processo criativo totalmente independente e o coração do seu trabalho está em fugir das tendências de mercado. Respeitam uma filosofia solitária, totalmente independente da tendência, trajetória ou sistema corporativo. O processo de inspiração dos designers se baseia em uma centena de influências misturadas, somada ao método ancestral dos mestres artesãos de regiões como Nova Iorque, Florença e Itália. Com um constante desejo de derrubar o comercial e o convencional, Swafford e Larson trazem uma linguagem que beira o sinistro,Leia Mais