Os utensílios fabulosos da gastronomia experimental Steinbeisser.

Em 2012, Jouw Wijnsma e Martin Kullik fundaram a Steinbeisser, uma iniciativa de gastronomia experimental que reúne chefs e artistas de renome para uma experiência culinária única. Os artistas criam talheres e louças exclusivas que celebram a experimentação na gastronomia. Impulsionados por uma busca de novas maneiras de desfrutar da comida, essas peças não seguem as regras normais de usabilidade. Em vez disso, elas desafiam você a rever a sua relação entre os utensílios de mesa. Eles podem ser amados por sua função de provocação, mas também por sua beleza. No entanto, não se trata apenas de beleza, essa turma residente de Amsterdam também acredita naLeia Mais

Michelle Pedros

O DESIGN MANIFESTO de Micaella Pedros fala como nós/seres humanos podemos brincar e nos beneficiar de forças e materiais que nos rodeiam. Micaella Pedros é designer da nova ERA, seu trabalho está diretamente conectado ao desenvolvimento social e humano do design. Atualmente reside em Londres onde obteve seu mestrado em design de produto no Royal College of Art em 2016. O projeto é uma técnica de junção experimental usando sobras de garrafas plásticas. Inspira pela simplicidade, valores, e basicamente pelo entendimento do meio e contexto que estamos vivendo,(sustentabilidade, descarte, baixo impacto de produção e na cultura do do-it -yourself – faça você mesmo). Ferramentas de poderLeia Mais

Dave Hakkens

O designer holandês Dave Hakkens é a síntese de um novo movimento de design. Hakkens cria uma mistura entre o artesanal e o industrial em um formato diferente. Dave criou 4 máquinas que qualquer um pode construir e usar em casa para fabricar novos produtos através da reciclagem de embalagens e lixo plástico. Além de trazer questões filosóficas, novos modelos de produção, educação, reciclagem, sustentabilidade e protagonismo, Dave coloca toda sua engenhoca à disposição online para qualquer pessoa baixar e se tornar um designer. Os dispositivos são feitos usando materiais do cotidiano e ferramentas básicas que Hakkens diz que estão disponíveis em todo o mundo. EleLeia Mais

Wabi-Sabi significa ao mesmo tempo visão de mundo, filosofia de vida, tipo estético e, por consequência, principio do design. O termo reúne dois conceitos japoneses diferentes: wabi, que se refere a uma espécie de beleza transcendental produzida por imperfeições sutis, como a cerâmica que tem o toque único do artesão; e SABI que defende que a beleza vem com o tempo. Em muitos sentidos, os principais ideais estéticos do wabi-sabi (impermanência, imperfeição e incompletude) são contrários aos valores estéticos ocidentais tradicionais. Que reverenciam a simetria das formas artificiais e a durabilidade dos materiais sintéticos, enquanto o wabi-sabi prefere a assimetria das formas orgânicas e aLeia Mais